Estupro e Aborto

You may also like...

  • Se o livre arbítrio dos homens é dos maiores patrimônios adquiridos, então sou do pensamento que é a vitima quem deve decidir sobre sua gravidez. Se a vitima não tiver opção de praticar ou não o aborto, que mérito ou desmérito ela terá? e por outro lado seguindo o pensamento espirita, o espirito abortado está sofrendo as conseguências de seus atos pretéritos. Na minha opinião é inadmissível uma gravidez proveniente de um ato horroroso, vamos nos colocar no lugar de quem sofre a violência.

  • Sou a favor da vida e contra o aborto, mas devo respeitar outras opiniões, mesmo que eu não concorde. As pessoas devem pensar por sí mesmas e ter a responsabilidade de seus atos.

    • Escritora Dothy

      Olá Flavio, agradecemos a presença a esta mensagem. Abraços

  • Dinadina

    Flávio, não é bem assim. É admissível sim, desde que se tenha amor no
    coração. Amor à vida. Comigo aconteceu. Fui assaltada e sofri violência
    sexual. Fiquei grávida e resolvi levar adiante, por amor. Pedi ajuda a
    Deus e aos amigos espirituais; que apagassem da minha mente o ocorrido e
    me ajudassem a ter e a amar a criança que estava vindo e que não tinha
    culpa. Hoje, tenho essa filha maravilhosa, que sabe da história e é bem
    resolvida com isso e que ama muito a vida. Eu a amo mais que tudo neste
    mundo. O amor supera tudo.Espero que ele supere também qualquer ato ruim
    de outras vidas que possa ter acontecido entre nós.